sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Palavras


Palavras leva-as o vento,
O mesmo que as trás,
Palavras boas, palavras más,
Quando rápido pode ser lento,
Mesmo que brisa de um momento,
De um momento fugaz!

Palavras pelo vento semeadas,
Voam no reino do sentido, perdidas,
Procurando nas palavras, palavras amigas,
Amigas com alma ou até desalmadas,
Palavras pelas palavras fecundadas,
No útero do vento,
Pelo vento acolhidas!
Palavras boas, palavras más,
Palavras de um e outro momento,
Ansiosas no pensamento,
Sibilam tua volta, gritam que te vás,
Palavras, leva-as o vento!

6 comentários:

Anónimo disse...

Muito bonito, embora um bocadinho triste, no entanto significativo.
elicidade para o blog. Que a poesia esteja entre nós.
1bj

Epee disse...

Krystal,



Uma mulher livre em sua expressão máxima
de prazer, um casal de gaivotas,
um relógio... palavras ao vento!

Vozes surdas,
palavras soltas formadas em versos,
conjugando liberdade de expressão,
racionalizando...

Pedindo volta,
fazendo do retorno sua glória,
como se pudéssemos parar
o tempo e retornar a palavra
mal dita em mau momento,
no tempo perdido...

Inútil.

Dito pelo dito...
Procurando rimas,
fecundando sentimentos
que a palavra abriga,
em si.



...

Epee disse...

DiVerso,

felicitações pelo primeiro aniversário de KrystalDiVerso!

Que muitos anos de poesia venham e que possamos desfrutar pelas mãos do Poeta, mais que a harmonia entre versos e rimas, verdadeiras histórias de vida.


Parabéns, ainda que atrasado.






@

Anónimo disse...

"Procurando nas palavras, palavras amigas"

É! Nem sempre assim que a aprendizagem se faz, não? Precisamos dar voz às palavras, que não sejam inimigas, não necessariamente também de consolo, mas sempre, sempre verdadeiras ao aprimoramento de nosso crescimento.

epee disse...

Palavras... leve-as ao seu destino!




|@
"Talvez Leitores..."
"Traduzindo o Diálogo Simbólico das Contradições".
[além de ler e aDsorver]

epee disse...

"Procurando nas palavras, palavras amigas"

Em DEZ.2008 nascia KrystalDiVerso e "Palavras" inaugurava um novo uniVerso de poesia, num jeito diferente de 'poemar'.

Nas rimas, nos versos e no ritmo, muitas histórias dentro de muitas histórias. Umas vezes vividas, experimentadas, outras vezes observadas, pouco importa, todas elas sentidas.

Nas imagens, a palavra pintada. Nas mãos, os diVersos pincéis, na paleta, todas as cores, sem preconceito. Na voz, o grito. No peito, o sentido extra.

Tintas e letras que comovem e movem, que fazem chorar, sorrir, que provocam a reflexão e possibilitam a aprendizagem.

Parabéns por 2 anos de pura poesia. Palco de convicções, pelo ambiente de paz que KrystalDiVerso proporciona.

¬